A Mente

A MENTE

A mente é uma das três partes da alma, junto com a vontade e as emoções. A criança aprende pelas emoções e o que aprende transfere para a sua mente. Quanto mais atenção nós dermos à criança, mais a sua mente será desenvolvida, porque dar atenção a uma criança é falar com ela, é olhar para ela, é fazer carinho ou dar um sorriso, abraçar, orientar… Tudo o que fazemos com a criança que demonstre amor será benéfico para o desenvolvimento sadio de sua mente. Porém, se a atenção que damos a criança é ríspida, com raiva, com desprezo e gritando com ela, estaremos abrindo um enorme buraco em sua alma que vai acumular sentimentos negativos como a rejeição, o medo de não ser aceito, medo de estar errando, como já falamos anteriormente. Mesmo que a mãe esteja muito atarefada e ache que não tem ‘tempo’ para dedicar ao seu filho e age desta forma, suas razões jamais justificarão o que está fazendo com seu filho. Precisamos entender que se dedicarmos apenas alguns minutos de grande amor à criança procurando resolver o seu problema, ela estará satisfeita e nenhum mal será depositado em sua alma, porque ela foi ouvida, ela foi amada com palavras boas e isto faz toda a diferença! Basta parar alguns minutos, verificar as necessidades da criança e dar-lhe alguma coisa de interessante para fazer adaptado à sua idade. É simples assim!

Portanto quanto mais atenção recebida, mais inteligente e esperta será a criança. Qualquer esforço que ela fizer, deve ser elogiado. O incentivo que dermos quando a criança fizer algo errado orientando no sentido de explicar como ela pode fazer para não errar mais, gera um melhor resultado que o castigo.

Se buscarmos a DEUS, vamos descobrir o propósito que ELE tem nas nossas vidas e para aquilo que o SENHOR nos escolheu ELE nos dará a sabedoria, pois a verdadeira sabedoria vem de DEUS:

Provérbios 2.6 “Porque o SENHOR dá a sabedoria e da sua boca vem a inteligência e o entendimento”

 O próprio JESUS CRISTO é a sabedoria dos salvos:

1 Coríntios 1.30 “Mas vós sois dele em CRISTO JESUS, o qual se nos tornou da parte de DEUS, sabedoria e justiça, e santificação e redenção”

 DEUS também nos guia:

Provérbios 3.5-7 “Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio aos teus próprios olhos, teme ao SENHOR e aparta-te do mal”

 Dependemos de DEUS para tudo e o desenvolvimento do nosso espírito é necessário para cuidar da alma. Para o crente que já é maduro espiritualmente, a mente é controlada pelo Espírito Santo que moverá sua vontade e controlará mais e mais suas emoções. Não podemos lutar sozinhos contra a nossa natureza humana porque a carne é fraca, mas DEUS nos ajuda a valorizar o que é bom e o que vem de DEUS é benéfico para nossa vida. Podemos nos livrar para sempre das prisões dos vícios e viver uma vida plena e abundante como está escrito na Sua Palavra.

Esta é a verdadeira LIBERDADE!

DEUS a cada dia, se desejarmos, renova a nossa mente:

Romanos 12.2: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de DEUS”

 O Salmo 1 e Josué 1.8 apontam a importância de meditarmos na Palavra de DEUS:

Josué 1.8 “Não cesses de falar deste livro da lei; antes, medita nele de dia e de noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito, então farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido”

 Este versículo de Josué é lindo e é importantíssimo! É tudo o que precisamos fazer num versículo só! Para renovar a mente e o coração, nos entregamos a DEUS e devemos modificar a direção de nossos pensamentos, pensar nas coisas que são do alto aprendendo a Palavra de DEUS.

Temos, sobre a mente e os pensamentos, a passagem de

Colossenses 3.1, 2 “portanto, se fostes ressuscitado juntamente com CRISTO, buscai as coisas lá do alto,  onde CRISTO vive, assentado à direita de DEUS. Pensai nas coisas que são do alto, não nas que são aqui da terra” 

Se estamos em CRISTO, como diz o versículo, nós precisamos alimentar a nossa mente com as coisas que são do alto, ou seja, com as coisas que vem de DEUS, a Palavra.

Romanos 8.5: “Porque os que se inclinam para a carne, cogitam das cousas da carne, mas os que se inclinam para o Espírito, das cousas do Espírito”

Romanos 8.5 nos ensina que se andamos segundo a nossa natureza humana, nós vamos querer buscar as coisas do mundo. Enquanto que se andamos em espírito, buscaremos mais e mais as coisas que vem de DEUS. Veja também:

Efésios 4.23 “e vos renoveis no espírito de vosso entendimento”

1 Coríntios 2:16 “Pois quem conhece a mente do SENHOR, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de CRISTO”

Antes que existisse qualquer coisa, DEUS já existia, pois foi Ele quem tudo criou. Portanto nenhum ser humano criado por DEUS pode conhecer totalmente a mente de DEUS para achar que tem o direito de falar algo para DEUS. DEUS tem em si tudo o que está em todas as mentes humanas de todos os tempos, pois foi Ele quem criou cada ser. Por isso que DEUS nos conhece tão bem. Mas atente à última parte do versículo que diz:  “Nós, porém, temos a mente de CRISTO”.

Então quando buscamos um verdadeiro relacionamento com DEUS, Ele permite que tenhamos a mente de CRISTO.

1 Coríntios 1.30 “Mas vós sois dele em CRISTO JESUS, o qual se nos tornou da parte de DEUS, sabedoria e justiça, e santificação e redenção”

Lembre-se de como JESUS agia em cada situação: é nisto que devemos nos basear para viver uma vida conforme os princípios da Palavra de DEUS.

 2 Coríntios 10.4-5 “Porque as armas de nossa milícia não são carnais e sim poderosas em DEUS, para destruir fortalezas. Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo ”

Nós aprendemos também na Palavra de DEUS que a nossa luta não é contra as pessoas e sim contra as potestades e principados do maligno. Então se brigamos com o nosso cônjuge, com os nossos filhos, com a sogra ou com qualquer outra pessoa, o diabo fica muito feliz porque e isso que ele quer: que haja discórdias e que as pessoas fiquem mal consigo mesmas porque se irritaram e brigaram, e isto faz mal pra alma. Cada briga entre duas pessoas é ponto para o diabo. Você vai entrar nesse jogo? Claro que não! Veja:

Filipenses 4.4-8 “Alegrai-vos sempre no SENHOR, outra vez digo: alegrai-vos. Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o SENHOR. Não andeis ansiosos de cousa alguma, em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de DEUS, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de DEUS, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em CRISTO JESUS. Finalmente, irmãos, tudo que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso que ocupe o vosso pensamento”

DEUS ensina claramente neste versículo de Filipenses. E se nós seguirmos o que DEUS nos diz para fazer, Ele nos envia a Sua Paz que está acima de qualquer entendimento.

Colossenses 3.23: “Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o SENHOR”

 Aqui aprendemos que temos que fazer tudo como se estivéssemos fazendo para DEUS. As pessoas que não são espirituais, ou seja, que não conhecem e não crêem em JESUS, são chamados de homem natural.

O homem natural não compreende as coisas espirituais, porque só quem é espiritual pode discernir as coisas espirituais:

1 Coríntios 2.14: “Ora, o homem natural não aceita as cousas do Espírito de DEUS, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”

As pessoas que não passaram pelo renascimento em CRISTO não podem entender o que o homem espiritual diz porque lhe parecem loucura. Quando aceitamos a JESUS em nossa vida, passamos a ser nova criatura e se nos entregamos por inteiro, o Espírito passa a residir em nós e começamos a entender o que significam as coisa de DEUS:

Romanos 8.9: “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de DEUS habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de CRISTO, esse tal não é dele”

O desenvolvimento espiritual depende do tempo que investimos no conhecimento da Palavra de DEUS. Precisamos ouvir as mensagens de bons pastores que foram chamados por DEUS verdadeiramente para crescer em espírito:

“De sorte que a fé é pelo ouvir,

e o ouvir pela palavra de Deus. (Romanos 10:17)”

Nós devemos buscar e deixar a nossa vontade de aprender fluir do nosso coração e ter sede da Palavra:

 1 Pedro 2.2: “desejai ardentemente, como criança recém-nascida, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para a salvação”

Nós temos que desejar aprender mais e mais sempre, pois nós somos responsáveis pelo nosso crescimento espiritual e a nossa santificação depende da nossa vontade. Quando aprendemos desde cedo, ainda criança, o ensino é diferente conforme a faixa etária, e cada criança tem seu ritmo. O ensinamento da Palavra, como qualquer ensinamento, para que dê frutos, deve ser agradável e motivador. O ensino pressionado torna-se maçante e não produz fruto algum, nem mesmo conseguimos reter o aprendizado. Para o ser humano tudo o que lhe é forçado quando criança pode gerar uma rejeição e ele pode levar muitos anos até resolver falar novamente sobre o assunto.

Porém, tudo o que é ensinado de forma agradável é aprendido com muito mais facilidade e se retem por muito mais tempo. Qualquer assunto bem ensinado gera curiosidade e vontade de aprender mais e mais sobre o assunto. Temos de usar o bom senso: quando percebemos que o ‘clima’ está carregado de cansaço e não conseguimos mais nos concentrar, precisamos dar uma paradinha para um descanso. Quando nos permitimos este descanso, recuperamos nossas energias e ao voltar ao ensino a nossa mente vai absorver muito mais, pois estaremos descansados.

Não adianta querer lutar contra a própria natureza, somos como DEUS nos fez. As vezes uma paradinha de cinco ou dez minutos nos faz relaxar, esticar as pernas e podemos aproveitar para comer alguma coisa, pois a mente não trabalha bem se estivermos a muito tempo sem comer. Precisamos nos alimentar duplamente: corpo e espírito.

Não é errado parar para descansar ou comer, não é preguiça, é necessidade. Se o carro estiver sem gasolina quanto ele vai conseguir andar? É a mesma coisa para nós. Precisamos do nosso ‘combustível’: comida natural e espiritual. Então paramos, reabastecemos e continuamos.

Leave a response and help improve reader response. All your responses matter, so say whatever you want. But please refrain from spamming and shameless plugs, as well as excessive use of vulgar language.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s