Mulher Virtuosa

A MULHER VIRTUOSA

 

           O TRIUNO criou a mulher e lhe deu algo especial para lidar com relacionamentos e resolver problemas. Uma habilidade de lidar com sentimentos e confortar o emocional de alguém. Os homens são mais racionais e nem sempre têm as palavras certas para confortar um filho. Esta tarefa O TRIUNO deu às mães. O TRIUNO criou a mulher com características bem diferentes das do homem. O TRIUNO colocou na mulher percepção e sensibilidade para lidar com relacionamentos. O TRIUNO a chama de mulher virtuosa. Mas como seria nos dias de hoje esta mulher virtuosa?

Com o passar dos anos a sociedade moderna, de certa forma, perturbou esta imagem da mulher, porque com a tal “igualdade dos sexos” a mulher tem tomado em parte o papel do homem que por sua vez também se perturbou em relação ao papel que ele deveria exercer. A mulher, cansada de sofrer abusos por parte do homem, tanto com os pais como com os irmãos e maridos, decidiu lutar para obter o mesmo status que o homem no que diz respeito ao valor como ser humano. Porém esta iniciativa acabou interferindo de forma agressiva a estrutura de uma família e a verdadeira identidade do ser humano. Enquanto o homem foi criado para cuidar e prover sustento para a esposa e os filhos, a mulher foi criada para educar os filhos e cuidar da casa e do marido. Conforme o tempo foi passando e a liberdade de expressão foi surgindo mais e mais forte, a mulher acabou entrando em um campo de competição com o homem onde o individualismo e a frustração com o sexo oposto fizeram surgir jogos de poder desequilibrando a harmonia que O TRIUNO criou. Expectativas e exigências excessivas fizeram com que as duas partes preferissem fazer por si próprios ao invés de tentarem entender um ao outro.

A imagem de esposa mandona não condiz com a descrição da mulher virtuosa do TRIUNO, descrita em Provérbios 31:10. Uma mulher delicada, gentil e dedicada: esta é a imagem de esposa que vemos neste escrito. Porém, nos dias de hoje e na cultura brasileira, esta descrição sugere submissão no sentido de total obediência ao marido. Mas o significado real não é esse e não é assim que deve funcionar. A mulher não é em nada igual ao homem: eles se completam, pois O TRIUNO não criaria uma companheira para Adão para competir com ele. A mulher é sentimental e o homem é racional. A mulher pode fazer várias coisas ao mesmo tempo porque sempre fez isso, cuidar da casa, dos filhos, de todas as tarefas; o homem prefere fazer uma coisa de cada vez, pois assim ele foi ensinado: a se concentrar em um objetivo, o de caçar para trazer o sustento para a família. A mulher, quando fala, consegue pensar no que vai falar depois; o homem não consegue pensar enquanto fala e nem por isso é menos importante. Um precisa do outro. Alguém um dia escreveu a frase: “Por trás de um grande homem, há sempre uma grande mulher!” Expressões como “o homem da casa” ou “o cabeça” têm seu fundamento: não é porque o homem manda, que ele tem que ser estúpido e agressivo. A autoridade como nós vimos neste livro, tem as suas funções: o marido traz a imagem de alguém que cuida, de alguém protetor, de alguém responsável pela família e pelo sustento dela. A esposa cuida do bem estar e da edificação do lar.

Nesta história de mulher moderna, a mulher de hoje precisa também trabalhar fora para ajudar no sustento da casa e, neste caso, as tarefas da casa e a educação dos filhos precisam de uma nova organização. A mulher não pode simplesmente fazer em duas horas à noite o que tinha o dia inteiro pra fazer. Portanto todos os que moram sob o mesmo teto tem que ter as suas tarefas definidas, a mãe, os filhos e o marido. O diálogo é importante para resolver o assunto e não sobrecarregar ninguém. Cada um deve agir com o outro da mesma forma que gostaria de ser tratado. A mulher tem um potencial interior impressionante e precisa aprender a usá-lo: só ela tem esse jeitinho especial de falar, esse carinho, esse amor, pontos estes em que a mulher é muito mais forte que o homem por causa dos sentimentos mais aguçados.

A ganância e o consumismo infelizmente também pegaram pesado na desestruturação da família. O ser humano tornou-se insaciável e insatisfeito com tudo na vida e quer sempre possuir mais e mais. Esta insatisfação é causada pela falsa sensação de independência quando o ser humano se afastou do TRIUNO. Sem O TRIUNO não há equilíbrio na alma e o ser humano tenta de todos os jeitos achar algo para saciar as suas vontades. Quando se tem um relacionamento profundo com O TRIUNO através do espírito, o ser humano muda o foco de suas vontades e de seus valores e descobre a verdadeira satisfação que preenche todo o seu interior.

A mulher como mãe e dona de casa tem um valor surpreendente. Certa vez eu ouvi no rádio a seguinte história bem interessante: uma mulher foi a uma agência de empregos para fazer um cadastro e sua amiga a acompanhou. Quando o entrevistador perguntou qual era a profissão dela, ela respondeu: “Sou mãe!”. O entrevistador deu uma risadinha e comentou que ser mãe não era uma profissão, então ele colocaria a menção “do lar” que costumam usar para quem fica em casa e cuida do lar, do marido e dos filhos. Em outra oportunidade, a amiga que a estava acompanhando também foi fazer um cadastro e se viu na mesma situação. Porém, ela respondeu ao entrevistador: “Eu sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e Relações Humanas” e explicou que tinha três filhos a quem ensinava, educava e cuidava como faz uma professora, uma educadora e uma enfermeira, que interferia como psicóloga a qualquer momento em que fosse necessário, que se fazia de intermediadora para ouvir as partes que discordavam entre si buscando uma conciliação amigável, que mantinha a ordem e exigia a execução de tarefas estabelecidas em comum acordo nas reuniões semanais e ainda arrumava tempo para arquivar e organizar tudo e não esquecer as solicitações do chefe que chegaria a qualquer momento.

Em Provérbios, no capítulo 31, a partir do versículo 10 temos uma descrição do que seria uma ‘mulher virtuosa’.

E nos versículos 25, 26 e 27 lemos: 25 “ A força e a dignidade são os seus vestidos e quanto ao dia de amanhã não tem preocupações. 26 Fala com sabedoria e a instrução da bondade está em sua língua. 27 Atende ao bom andamento da sua casa e não come o pão da preguiça”.

A mulher reconciliada com O TRIUNO recebe a sabedoria destes versículos. Entender a importante posição que ocupa na família é essencial para que todos possam viver felizes. A mulher tem o dom de organizar, preparar, remediar e resolver problemas, de amar incondicionalmente, ter compaixão e distribuir carinho, afeto e atenção a toda família e a outros também. Sua virtude atinge a todos os que fazem parte de sua vida.

Entendendo o seu verdadeiro valor e importante papel na família e também na sociedade, a mulher se sobressai em sabedoria e transforma ambientes com a sua gentileza.

A mulher que busca a sua cura interior e a sua verdadeira identidade tem percepções e ideias impressionantes para mudar e descomplicar situações para que todos sem exceção sejam beneficiados. O clima familiar ou organizacional pode ser completamente transformado pela mulher que adquire a sabedoria da virtude, guiada pelo TRIUNO para que o Amor Incondicional possa prevalecer.

A mulher que procura a sua cura interior livra-se de sentimentos nocivos e, além de cuidar de si, ela consegue cuidar de outras pessoas e trazer alegria por onde passa. Cuidando do seu interior, a mulher recebe do TRIUNO o reconhecimento sobre o seu verdadeiro valor. Conhecendo o seu valor, a mulher se desprende da dependência emocional e se protege de envolvimentos sexuais que podem trazer mágoas e feridas ou situações não planejadas como uma gravidez. Quando uma concepção acontece fora de sua vontade ou talvez em uma situação involuntária como o estupro, a mulher insegura não quer levar adiante a gravidez e pensa em aborto sem conhecer as verdadeiras consequências que atingirão o seu corpo, colocando-o em risco de vida e o seu emocional fortemente abalado.

 

Anúncios

Leave a response and help improve reader response. All your responses matter, so say whatever you want. But please refrain from spamming and shameless plugs, as well as excessive use of vulgar language.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s